Post AD

Placas de som para DJs

Placas de som para DJs
Atendendo a pedidos, chegou a hora de falar de um item essencial para os DJs que estão partindo rumo às soluções digitais, sejam elas controladores midi, ou simuladores de vinil: as placas de som. Vamos dar uma rápida olhada no que o mercado oferece no momento.

Quando se fala de placas de som, existe um mundo de possibilidades. Mas quando se trata de DJs, existem alguns aspectos que precisam ser levados em conta. Vamos à eles:

Saídas: tem que ter pelo menos 2 saídas estéreo (ou quatro mono).

É o mínimo necessário. Se você vai usar um mixer tradicional (externo), você vai precisar de pelo menos duas músicas tocando ao mesmo tempo, e ligar cada uma em uma entrada line do mixer. Isso serve sempre pra quem usa simuladores de vinil como o Serato ou o Final Scratch, e também pra quem usa controladores midi, mas prefere ter um mixer de verdade nas mãos. E se você pretende usar uma solução 100% digital, como os diversos controladores midi que existem no momento, você precisa da saída estéreo para ligar ao som que todos vão ouvir, e mais uma saída estéreo para seus fones de ouvido, que você vai usar para a pré-escuta.

Tamanho: quanto menor, melhor

DJs precisam de mobilidade. E clubs costumam ter booths (a cabine onde fica o DJ) milimetricamente projetadas pro equipamento que já está lá. Quem está acostumado a tocar com laptops sabe da dificuldade que é encontrar um espaço para ele em alguns clubs. Logo, não complique com a placa de som: tamanho é documento, sim.

Conectores firewire de 6 e 4 pinos: o menor não fornece energia para a placa. Evite-o!
Conectores firewire de 6 e 4 pinos: o menor não fornece energia para a placa. Evite-o!

Self-powered: não pode precisar de fonte de alimentação

Nem precisa dizer muita coisa aqui, não é? Se arrumar espaço pro equipamento já é algo complicado, imagina arrumar mais uma tomada. Fuja de placas que precisem de fontes como nunca.

Qualidade de áudio, algo essencial pra DJs

Uma das grandes vantagens de se tocar em formato digital é poder ter acesso a arquivos de alta qualidade em lojas como o Beatport e a Juno Downloads. Poder tocar som limpo, livre de impurezas. E não tem coisa pior que ver um bom DJ tocar e não poder apreciar a música que ele está tocando. Não entre nesse papo de que “a maioria dos clubs não têm um PA decente”, pois se tudo der certo, um dia irá acontecer de você tocar em um lugar bom. E aí vai ser horrível ver a pista fazendo cara feia porque está ouvindo tudo embolado, e vai achar que a culpa é sua por não saber equalizar o som direito. Você sempre vai ter o que você comprar — compre uma placa de qualidade baixa, e seu som terá… qualidade baixa! Lembre-se que você vai tocar músicas misturadas, não adianta ouvir uma mp3 e achar que por isso vai estar tudo bem.

Entradas: se você quer usar simulador de vinil, tenha pelo menos duas

DJs que vão tocar usando apenas midi não precisam se preocupar com as entradas de áudio. Mas se você pretende usar a função de simulação de vinil de programas como o Deckadance ou o DJ Decks, considere comprar uma placa de som que tenha pelo menos duas entradas de áudio, principalmente com opção de phono, ideal para capturar áudio vindo de toca-discos.

Para usar simulação de vinil, é preciso ter duas entradas e duas saídas (4 in x 4 out)
Para usar simulação de vinil, é preciso ter duas entradas e duas saídas (4 in x 4 out)

Saída de fone de ouvido: importante em todos os casos

Toda placa de som para DJ deve ter uma saída de fones, com um knob dedicado para controlar o volume. No caso de DJs que tocam com midi, nem precisa dizer o quão essencial isto é, afinal fica impossível mixar sem. Mas mesmo DJs que usem simuladores de vinil vão gostar de ter o recurso: ele serve como um gabarito quando você está tendo problemas como distorção. É espetar os fones e conferir se o som dali está saindo limpo. Se estiver, provavelmente a culpa é do equipamento de som pra frente. Ideal para calar a boca dos céticos que acham que som digital é sempre o culpado de tudo. E que provavelmente ainda crêem no Curupira e no Saci Pererê…

USB, Firewire ou PCMCIA?

Depende do seu laptop. Firewire com certeza é a melhor opção sempre, mas está mais restrita aos Macbooks — 99% dos laptops PC só oferecem a saída firewire de 4 pinos, que além de ser muito frágil, não passa energia para alimentar o dispositivo, o que vai te obrigar a usar uma fonte adicional, e já vimos que isto não é desejável. PCMCIA tem a vantagem de estar encaixada direto no laptop e não gerar um volume adicional, e nem ocupar uma preciosa porta USB. E se você quer mais compatibilidade e usa Windows, vá de USB mesmo.

Uma nota importante sobre o barramento USB: como ele é um barramento serial, todos os dispositivos conectados podem interferir na performance um do outro. Por exemplo, é normal ter conflito entre controladores e teclados midi e mouses da Logitech. Não é algo que aconteça muito, mas pode vir a acontecer com você. Portanto, tenha isto em mente ao fazer suas compras. Firewire é mais indicado por não sofrer este tipo de problemas.

Quais são as melhores placas de som para DJs?

Depois de alguma pesquisa, preparamos uma rápida lista com as placas de som mais indicadas. Como são todas bem parecidas, vamos apenas citar prós e contras, pra deixar a coisa mais dinâmica. Os preços são aproximados e têm como base o que é cobrado em lojas nos EUA:

Echo Audiofire2

Echo Audiofire 2

Prós: Firewire, e muito compacta, quase do tamanho de um maço de cigarros. Bons drivers, preço atraente, marca de alta confiança.
Contras: o conector do fone é P2 (o pequeno), mas nada que se resolva com um adaptador.
Preço: 190 dólares


Echo Indigo DJ

Echo Indigo DJ

Prós: PCMCIA, menos um fio pra atrapalhar, fica discretamente alojada no laptop. Excelente opção para quem tem laptop PC com um slot PCMCIA sobrando.
Contras: As duas saídas são P2, mas ela vem com cabo adaptador para a saída principal. Knob de volume bem esquisito
Preço: 150 dólares


ESI Gigaport AG

ESI Gigaport

Prós: Preço excepcional e 8 saídas, que podem funcionar como 4 stereo ou 8 saídas mono independentes.
Contras: desengonçada, qualidade não é tão boa quanto as outras restantes, mas não deixa a desejar
Preço: 120 dólares

ESI Quatafire

ESI Quatafire

Prós: Firewire, robusta, bons drivers, ótimo design, apesar do tamanho um pouco maior que outras
Contras: Preço bem elevado
Preço: 400 dólares


Tascam FireOne

Tascam FireOne

Prós: Firewire, excelente design, possui controles midi adicionais que podem ser úteis. Fabricante de altíssimo nível.
Contras: Preço um pouco elevado, tamanho bem grande, excesso de recursos que podem não ser utilizados
Preço: 300 dólares


Tascam US-144

Tascam US-144

Prós: Design interessante, knobs discretos, e fabricante de altissimo nível.
Contras: Preço um pouco alto em comparação com outras, e knobs, que podem ser ruins para algumas pessoas.
Preço: 200 dólares

M-Audio Fast Track Pro

M-Audio Fast Track Pro

Prós: Excelente custo x benefício. Não é a mais barata de todas, mas oferece bons recursos. Muitas entradas e saídas.
Contras: Tamanho. Poderia ser um pouco menor.
Preço: 175 dólares

M-Audio Conectiv

M-Audio Torq Conectiv

Prós: Vem com o software Torq, que pode ser usado com controladores midi ou com discos para simulação de vinil
Contras: O preço poderia ser considerado um contra, mas como ela vem com o Torq e os vinis, o que agrega mais uma opção para o DJ digital
Preço: 250 dólares

Mixvibes U46MK2

Mixvibes U46MK2

Prós: Muitas entradas e saídas, excelente design, pode ser usada com simuladores de vinil, excelente preço
Contras: Ainda não está disponível no mercado (chega agora no mês de junho), tamanho um pouco maior, mas compensado pelos recursos.
Preço: 200 dólares


Native Instruments Audio-8

Native Instruments Audio-8

Prós: Muitas entradas e saídas, design, pode ser usada com simuladores de vinil, ótima qualidade de áudio.
Contras: Muito grande e muito, muito cara
Preço: 400 dólares

Tem pra todo mundo!

Existem diversos outros modelos de placas disponíveis. Nem falamos das placas com mais entradas e saídas, nem de placas internas, pois o foco desta lista foi somente para DJs. Evidentemente, quem tem um estudio em casa e pensa apenas em produzir música ou apenas gravar uns acordes de guitarra ou podcasts também pode considerar estas placas. Mas vale lembrar que são muitas opções disponíveis no mercado.

E você, tem mais sugestões de placas? Faça seu comentário, tire suas dúvidas e interaja com os leitores do Submusica!

Serviço:

DJ Deals (EUA)
Audiomidi (EUA)
Google Product Search (EUA)
Mercado Livre (Brasil)
SygnoMusic (Brasil)

Share on Google Plus

About Wiliam Damasceno

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

0 comentários: